quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Desculpas aceitas...

Desculpas aceitas
mas não espere de mim
sorrisos
que nunca os dou

Contente-se com a consideração
de ter te escutado
ainda que magoada
e ter te perdoado
ainda que não te creia.

5 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

Desculpar já foi um ato de sacrifício...

lindo dia flor
beijos

Isaac Marinho disse...

Eis o motivo do meu amofinamento mais recente...
Olha, passei por algo que me deixou muito triste. Magoei uma pessoa próxima, pedi desculpas, perdão etc, imediatamente; mas sei que ela ainda está magoada comigo, e com razão. Ela não esperava que dissesse o absurdo que eu disse (nem eu esperava) e, ainda que ela tenha dito "tá desculpado", ela sempre vai desconfiar de mim; não aceita mais minhas opiniões (fez questão de dizer), não me trata como antes, distanciou-se...
Me senti muito mal desde o momento em que proferi as palavras que me condenaram. Queria ter emudecido naquele mesmo instante, antes de proferir a primeira letra daquela frase infame.
Sinceramente, ela não merecia; eu fui um (idiota)³.
Estou perdido.

Sucesso em tudo!

Um abraço.

Lilian Dalledone disse...

Márcia, desculpar é sim um ato de sacrifício... nós escorpianos que o digamos...

Isaac, meu amigo, não se culpe tanto assim. Já fiz tanto isso, tamtas vezes que até perdi a conta!... Nada como o tempo pra curar essas feridas. Fique bem.

Diego disse...

Perdão de boca ou perdão de coração?

Lilian Dalledone disse...

Boa pergunta, Diego...

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.