sexta-feira, 20 de março de 2009

Não sei










Eu não sei
não ser
abstrair de mim
a alma
e ser só
objeto que se move
em segredo
enquanto tudo ao redor
vibra e chama.

Algo em mim
quer até sentir
medo

mas não há medo
em quem ama...

2 comentários:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Hoje só estou passando para desejar um feliz dia do blogueiro,
com um final de semana cheio de amor e esperança.
Aproveito para deixar um lindo poema de Mário Quintana


Amar: Fechei os olhos para não te ver e a
minha boca para não dizer...
E dos meus olhos fechados
desceram lágrimas que não enxuguei,
e da minha boca fechada
nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei....
O amor é quando a gente mora um no outro.

(Mário Quintana)

Abraços:Eduardo Poisl

Eduardo Trindade disse...

Ah, que versos lindos!
Têm o ritmo e a intensidade que me tocam. Ah, esse medo que quase vem, mas se afasta, porque existe algo mais forte que ele...
Parabéns e abraços!

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.