sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Da minha coleção de lembranças alheias...

Não olhei pra trás. Atravessei a rua fingindo interesse em alguma vitrine do outro lado e até entrei na loja pra disfarçar. Comprei o primeiro par de sapatos que vi, uma sapatilha preta que até hoje não usei. Não lembro da vendedora, lembro só que aceitei o copo de água que ela me ofereceu. Saí com a sacola na mão e o coração enfiado no bolso do jeans. Uma tarde que tinha tudo pra ser especial, mas que deixou um cheiro de derrota em mim. Nunca mais voltei naquele café. Cheguei em casa dolorida, a luta comigo mesma foi dura. Não sei se venci ou perdi. Não derramei nenhuma lágrima, mas até hoje não consigo esquecer seu rosto ironicamente satisfeito ao me dispensar. Eu merecia um amor melhor, mas só você estava disponível e eu me enganei. Não entendi suas mensagens, e esqueci de usar cinto de segurança. Tem um monte de coisas que eu quero fazer antes de morrer, mas me prendi naquela tarde e nunca mais o café teve o mesmo gosto.

2 comentários:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Existe um lugar onde
todos os sonhos se realizam
a Felicidade é constante
e o sentimento maior é o Amor
este lugar é o seu Coração...
Procure nele e você
encontrará as respostas pra tudo.
Bom final de semana

TODO NOSSO disse...

Q lindo post,gosto de seu blog,faz tempo q nao voltava,mas é sempre uma surpresa.
penso q nós é q temos q dar gosto na vida,no q fazemos,no q sentimos,pq qdo depositamos na pessoa errada,nossa expectativa,td fica amargo, mas um dia, tudo volta a ser melhor,acredite!!
bj e ótimo fds!
lane

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.