terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Silêncio

Teu silêncio
hoje
grita comigo

Não é falta de tempo
não é cansaço
não é compromisso.

Teu silêncio
me agride
porque não me queres

e nós dois sabemos disso.

5 comentários:

BS disse...

Simplesmente linda...
Nas pequenas palavras vi verdades... e isso me comove.
Beijos...Bruno

www.bsproducao.blogspot.com

Iêda disse...

Oi Lilian,

O silêncio pode gritar, pode nos agredir. Assim como a ausência.

E não tem nada que corte mais que esse silencio do não me queres.

Muito belo seu poema!!

bjs,
Iêda

Sr. Despedaça Corações disse...

Para que falar alto se podemos nos comunicar com os olhos?

João da Silva disse...

Ma-ra-vi-lho-so!
No words to say.
Beijos carinhosos, todos com aroma de rosas

minicontosperversos disse...

Teve vezes em que ficamos em silêncio. As palavras poderiam sair distorcidas, projetadas num reflexo impreciso de quem não deveria ouvir.

E o querer àas vezes é tão relativo, né, Lilian?

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.