segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Palavras que eu guardei


Estou sob mim mesma

esperando que me desnudes

camada após camada

e enxergues meu íntimo

afoito e infantil

enquanto me liberto

plena

e me jogo

inteira

em ti.

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.