segunda-feira, 22 de junho de 2009

Destroços






















Do que era
nem sobrou traço
resquício
lembrança
qualquer promessa

O que foi vício
tempestade arrasadora
vendaval desgovernado
perdeu-se no caminho escuro
das muitas esperas pelo dia certo.

2 comentários:

Dani Bender disse...

Oi Lilian,conheci teu blog atráves do "blog da Gullo"da Márcia.
Li suas postagens e ameiiii, estou levando o link comigo para voltar outras vezes.
Há uns bons anos eu tbm escrevia bastante, hj já não mais...a inspiração foi embora,hihihi
mas tbm como vc eu falooooo p caramba, falo muito e amooo falar,kkkk
Bjo no coração, prazer em t conhecer.
Dani Bender

Andréia M. G. disse...

Muitas vezes vivemos esperando pelo dia certo. Pior é quando ele nunca chega. Então, às vezes é melhor não esperar para não perder-se nesse caminho escuro.

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.