quarta-feira, 16 de outubro de 2013

História




Eu brinco com o que não devia
esperando clarear os dias
as ideias
os silêncios.
Brinco com as palavras
e as nossas imagens
aquelas que eu guardei em mim
e as que nunca vou ouvir
ou ver.
Meus planos
e as muitas horas
enlouquecidas de amor
que viraram mais que lembranças
cicatrizes coloridas
de uma história que me atrevi a viver.
Não me arrependo.


Um comentário:

Flá Costa * disse...

e apesar de toda a dor que eu sinto agora, eu só me arrependeria de não ter vivido.

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.