terça-feira, 30 de abril de 2013

Feliz demais!

Vim dividir com vocês um pouco da minha felicidade: fui premiada no V Prêmio Literário Canon de Poesia 2012. O resultado saiu no fim do mês passado, e hoje eu recebi os exemplares. 
Foram aproximadamente 3000 inscritos, segundo o site da Canon, e apenas 50 trabalhos foram selecionados, dentre os quais estava o desta orgulhosíssima redatora que não cabe em si de tanta felicidade.


A poesia selecionada foi esta:


No álbum de capa azul
revejo a vida
colorida
dos dias que não vivi
Repousa na mão enrugada
o sonho de entortar o calendário
entrar no vestido rodado
dançar uma única valsa
e voltar
resignada e incompleta
à vida que me restou.
Eu sonho.




quinta-feira, 25 de abril de 2013

Bilhete














Cutucas o meu silêncio
com tua palavra saudosa.
Apago teus rastros em mim
mais uma vez
mas não esqueço
nunca
teu cheiro bom.

A vida me faz sorrir
quando dá voltas.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Névoa
















A névoa da incerteza
impede meus passos rápidos.
Não vejo nada além
do amor que sinto
e tropeço
confusa
no caminho que não enxergo.
Meus pés já foram firmes
mas eu não te conhecia.

Amar não é seguro
mas me basta.

Por enquanto.

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.